Início / ARQUIDIOCESE DE MANAUS

ARQUIDIOCESE DE MANAUS

A Diocese do Amazonas foi criada em 27 de abril de 1892 pela Bula Ad Universas Orbis Ecclesia do Papa Leão XIII, desmembrada da então Diocese de Belém do Grão-Pará (hoje Arquidiocese de Belém-PA), tinha apenas duas paróquias: Nossa Senhora da Conceição e Nossa Senhora dos Remédios. A 16 de fevereiro de 1952, pela Bula Ob illud do Papa Pio XII, foi elevada a Arquidiocese e sede metropolitana, passando a denominar-se Arquidiocese de Manaus.

Arquidiocese de Manaus
Catedral Nossa Senhora da Conceição

Em 1659, tem-se a chegada dos missionários carmelitas no local onde se iria construir a cidade de Manaus. Apenas em 1695 será criada a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição. Nesse período é feito o movimento para a construção da futura Catedral de Manaus que inicia-se apenas em 1786. No ano de 1892 é criada a Diocese do Amazonas, no dia 27 de abril, no entanto, apenas no dia 18 de junho de 1894 toma posse como primeiro Bispo Diocesano do Amazonas, Dom José Lourenço da Costa Aguiar. Na mesma data é realizada a instalação definitiva da diocese.

Depois de um longo tempo de experiência de evangelização, a Diocese do Amazonas, com sede em Manaus, é, em 1952, erigida a Arquidiocese de Manaus, no dia 10 de julho com seu primeiro arcebispo, Dom Alberto Gaudêncio Ramos, aos 36 anos de idade.

Em 1971, instala-se o CENESC, Centro de Estudo do Comportamento Humano. O ano de 1980 será muito festivo na história da Diocese de Manaus, pois neste ano o Papa João Paulo II visita Manaus no mês de julho.

Atualmente, a Arquidiocese de Manaus congrega paróquias e áreas missionárias distribuídas em 12 setores.

Main menu
Menu Title