Início / Galeria / Retiro Espiritual

Retiro Espiritual

11149550_1048127671906473_2076387647445259457_n“Orai sem cessar” (1Ts 5,16). Esse é o clima que chama inúmeras pessoas a escolher o Mosteiro “Água Viva”, na Prelazia de Itacoatiara (AM), para realizar seus retiros espirituais. Ambiente de muita oração e silêncio, que convida cada pessoa a vivenciar um profundo encontro consigo mesmo e com Cristo.

11998917_1048127801906460_8043200489458601125_nCom esse mesmo intuito, os seminaristas diocesanos do Curso de Teologia e do terceiro ano de Filosofia do Seminário São José, se encontraram nesse lugar durante os dias 04-07 de setembro de 2015.

O retiro foi orientado pelo Pe. Setsuro Horie, SJ, que, no decorrer de suas seis colocações, conduziu a todos a vivenciar durante aqueles dias momentos profundos de oração pessoal, buscando percorrer um caminho imaginário de um verdadeiro encontro da criatura e seu criador, do filho com o Pai.

A primeira colocação partiu da reflexão sobre o verdadeiro mandamento: “Amar a Deus de todo o meu coração, de toda a tua alma, de todo teu entendimento, e com toda a tua força” (Dt 6,4-6). Um verdadeiro convite a ser todo de Deus.

12003930_1048128035239770_1608819511107919915_nA segunda colocação refletiu o sentido de ser um padre ecológico: Louvor pela criação (oração), de forma inter-relacional (colegialidade), sendo o curador do mundo ferido. Nisso consiste assumir que o amor de Deus é a razão fundamental de toda a Criação.

A terceira colocação meditou sobre o sentido do batismo, a luz do Batismo de Jesus no Jordão e a presença trinitária no momento. O Pai que fala, o Filho que é batizado e o Espírito que desce sobre Ele. Neste sentido, cada cristão é chamado a se configurar a Cristo, pois no seu batismo inicia a prática de sua missão.

A quarta colocação ajudou a aprofundar sobre a missão do Filho, enviado de Deus Pai. Ele foi enviado no meio de uma multidão sofrida, doente, endemoninhada, excluída e cheio de esperança. Ele assumiu essa realidade como sua missão. Todos os chamados a vida sacerdotal devem assumir para si também a dor do povo que a ele é confiado para ser o curador de suas enfermidades.

20150907193956A quinta colocação levou cada um a encontrar-se na principal consequência de assumir as dores da humanidade sofrida, o martírio. Jesus amou até o fim, dando a sua vida. Uma morte solidária daquele que dá a vida por suas ovelhas. O consagrado é chamado a assumir e defender a vida do seu povo das armadilhas do mal.

A sexta colocação buscou contemplar a força da vida contra a morte. A ressurreição de Jesus é a garantia de nossa fé. Ele ao abraçar o Plano do Pai de forma gratuita nos deu a salvação. Do mesmo modo, quem consome a sua vida por Jesus não a perde, mas ganha a vida eterna. Assim, o ministro ordenado deve ser presença do Cristo vivo e ressuscitado para o seu povo.

Enfim, nossa alegria e gratidão às monjas que acolheram e cuidaram de todos os seminaristas. E profunda gratidão ao Pe. Horie pelas palavras e reflexões dirigidas nos colóquios, celebrações e diálogo pessoal. Agradecemos também aos padres formadores que proporcionaram e organizaram esse retiro naquele lugar favorável a oração.

Por: Jânio Negreiros (Seminarista da Diocese de Parintins).

12002994_1048127645239809_2736186553578193475_n2015090719395320150907193956

20150907193946 20150907171305 11999019_1048127945239779_72492808710520744_n 11998951_1048128091906431_8090763235004823878_n 12003884_1048128075239766_3869967757806103802_n 11998877_1048127975239776_288625654797820229_n 11986597_1048127915239782_5771189068177918967_n 11236554_1048127998573107_4513016835702750904_n

Verifique Também

Seminário São José celebra a instituição de leitorato e admissão às ordens sacras de novos seminaristas

Aconteceu na manhã do dia 9 de agosto, no Seminário São José, a instituição do ...

Main menu
Menu Title